Norberto Duarte/AFP
Norberto Duarte/AFP

Coluna

Fabrizio Gueratto: como o investidor pode recuperar suas perdas no IRB Brasil

Argentina se afasta do Mercosul em futuras negociações comerciais devido a coronavírus

Comunicado destaca que o país continuará com o processo para colocar em marcha o acordo de livre comércio entre o bloco e a União Europeia, aprovado no ano passado

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de abril de 2020 | 02h37

A Argentina decidiu se afastar do Mercosul nas futuras negociações de livre comércio do grupo, diante da incerteza sobre os efeitos na economia da pandemia do novo coronavírus, anunciou a chancelaria em Buenos Aires.

"A Argentina se previne dos efeitos da pandemia enquanto protege as empresas, o emprego e a situação das famílias mais humildes. Faz isto de forma diferente de alguns sócios, que defendem uma aceleração das tratativas visando acordos de livre comércio com Coreia do Sul, Cingapura, Líbano, Canadá e Índia, entre outros".

"A incerteza internacional e a própria situação da nossa economia aconselham a deter a marcha destas negociações", completou o órgao.

O comunicado destaca que a Argentina continuará com o processo para colocar em marcha o acordo de livre comércio entre Mercosul e União Europeia, aprovado no ano passado pelos dois blocos e que aguarda a ratificação dos Parlamentos de cada um dos países.

A Argentina está em recessão há dois anos e a mais recente projeção do Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê um recuo do Produto Interno Bruto (PIB) de 5,7% este ano, após as quedas de 2,2% em 2019 e de 2,6% em 2018. / AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.