Argentina também suspende importação de carne do MS

A Argentina decidiu proibir a importação de carne do Estado de Mato Grosso do Sul, por causa do novo foco de aftosa na região. A decisão foi tomada pela Secretaria de Agricultura, que observa com preocupação a volta da doença e o impacto negativo que a notícia poderia provocar nas exportações de carne dos países da região. No entanto, o secretário Miguel Campos reconheceu que, por enquanto, a descoberta do foco de aftosa no Brasil poderá beneficiar as exportações argentinas de carne. "A curto prazo, podemos até pensar de uma maneira egoísta e dizer que isso pode ser conveniente para nós, mas hoje está claro que o que acontece na região em matéria sanitária termina prejudicando à todos", afirmou.Campos considerou que "a notícia é muito ruim e ratifica a importância de combater as doenças de forma conjunta". No mesmo sentido, o presidente do consórcio exportador de carne Ciccra, Miguel Schiaritti, opinou que o Mercosul necessita ter uma estratégia comum para combater a aftosa e eliminar os riscos em toda a região.Ele ressaltou que o fato ocorrido em Mato Grosso do Sul serve de alerta para que na Argentina se continue "vacinando o gado religiosamente". Além da carne bovina, a Argentina proibiu a importação também de suínos e caprinos da região afetada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.