Argentina tem superávit de 1,510 bilhão de pesos em outubro

O Ministério da Economia da Argentina informou que o governo do país teve um superávit primário de 1,510 bilhão de pesos em outubro. A previsão de economistas consultados na última pesquisa semanal do Banco Central argentino era um superávit de 1,35 bilhão de pesos. O governo não divulgou os números exatos do superávit primário acumulado nos dez primeiros meses de 2004, mas, com base nos meses anteriores, ele alcançou 18,3 bilhões de pesos. A meta do acordo entre a Argentina e o FMI para 2004 é um superávit primário de 10 bilhões de pesos; a previsão de consenso dos economistas, porém, é um superávit primário de 18,9 bilhões de pesos no ano. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.