Argentina teme distúrbios e prorroga feriado

O Banco Central argentino decidiu manter o feriado bancário parcial e cambial. A informação já havia sido adiantada por uma fonte do BC à Agência Estado, no meio da tarde. Há alguns minutos, o BC emitiu um comunicado oficial confirmando o feriado visto que "não houve tempo suficiente para instrumentar as normas necessárias para acompanhar a nova política cambial e monetária do país", justificou a assessoria de imprensa do BC. Já se fala na city portenha que o feriado cambial e parcial dos bancos seria prolongado até a próxima segunda-feira. No BC, entretanto, afirmam que "por enquanto , a manutenção do feriado é só para amanhã".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.