Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Argentina tenta reaproximação com o FMI

O governo argentino tentará reaproximar-se nesta semana do Fundo Monetário Internacional (FMI), após vários anos de relações estremecidas entre o organismo e Buenos Aires. A reaproximação será protagonizada pelo ministro da Economia, Amado Boudou, que se reunirá em Buenos Aires com o chileno Nicolás Eyzaguirre, diretor para o Hemisfério Ocidental do FMI. A reunião enquadra-se na estratégia do governo de retornar aos mercados internacionais de crédito, aos quais a Argentina não tem acesso desde a declaração do calote da dívida pública em dezembro de 2001.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.