Argentino Banco Patagônia afirma analisar alianças com BB

Instituição financeira ressalta, contudo, que ainda não fechou qualquer acordo com a empresa brasileira

Agência Estado,

15 de dezembro de 2009 | 12h20

VEJA TAMBÉM:
BB confirma negociação com o argentino Banco Patagonia
Governo quer internacionalizar BB
BB declara ter interesse em comprar corretora no Brasil
O Banco Patagônia confirma ter trocado informações com o Banco do Brasil, entre outras instituições, e diz não ter até o momento fechado qualquer acordo estratégico. Em resposta a um questionamento da Bolsa de Comercio de Buenos Aires sobre a movimentação das ações no pregão local de segunda-feira, 14, o Patagônia diz não conhecer "circunstância alguma", mas admite que as variações em preço e volume poderiam estar relacionadas ao artigo publicado no jornal El Cronista Comercial, sobre conversas com o Banco do Brasil.

 

"Com respeito, cabe esclarecer que tem sido política permanente de Banco Patagonia S.A. e seus acionistas controladores a análise de alternativas ou alianças estratégicas com outras instituições ou grupos financeiros que permitam o crescimento sustentável da nossa entidade e que incluiu no último ano conversações e um intercâmbio de informação com Banco do Brasil, entre outros", diz em nota de esclarecimento remetida à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.