Sérgio Castro/Estadão
Sérgio Castro/Estadão

Arminio Fraga: Brasil tem vocação ‘verde’ e pode ser o grande líder mundial na área

Economista afirmou que País precisa transformar sua situação de 'quase pária' internacional no tema

Bruno Villas Bôas, O Estado de S.Paulo

17 de dezembro de 2021 | 18h05

RIO - O economista Arminio Fraga, ex-presidente do Banco Central (BC), disse nesta sexta-feira, 17, que o Brasil tem vocação “verde” para ser um grande líder do planeta no tema de sustentabilidade ambiental. Para isso, o Brasil precisa transformar sua situação de “quase pária” internacional no tema. 

“O Brasil tem vocação verde. O Brasil tem tudo para ser o grande líder do planeta nessa área. É uma oportunidade colossal. Vamos ter que nos reinserir nesse mundo. Nossa posição no mundo anda fragilizada. Houve talvez algum progresso em Glasgow”, disse Fraga, citando a cidade sede da Conferência do Clima das Nações Unidas (COP-26)

Segundo ele, o mercado de crédito de carbono seria uma “dádiva” para o Brasil. “Quando olha o valor de 1 tonelada de carbono, é fácil chegar à conclusão que, de fato, é um espaço gigante de oportunidade”, disse ele, lembrando que o desenvolvimento do mercado passa por serviços de certificação de projetos ambientais.

Arminio participou nesta sexta-feira de evento organizado pelo banco Santander Brasil no Museu do Amanhã, na zona portuária do Rio de Janeiro, com o tema "Rio: a capital de investimentos verdes do Brasil”. Arminio, que é carioca, disse que para atrair investimentos para a cidade será preciso investimentos no campo da segurança pública.

“Não dá para tapar o sol com a peneira. É uma área complicada para nós”, disse Fraga.

Mais cedo, no evento, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, afirmou que espera atrair uma bolsa de ativos verdes para o Rio. Arminio disse que, como carioca, apoia a atração de uma bolsa verde para a cidade, mas frisou que não pode haver ilusão sobre a concorrência com São Paulo por ser sede desse mercado de crédito de carbono no País. “Não podemos nos iludir, fui presidente do Conselho da B3”, disse Fraga. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.