Arrecadação de impostos bate recorde em setembro

Tributos recebidos pelo governo somam R$ 48,480 bilhões no mês, 4,14% maior que no mesmo período de 2006

Agência Estado e Reuters,

18 de outubro de 2007 | 15h32

O governo federal arrecadou em setembro R$ 48,480 bilhões em impostos e contribuições, um recorde para o mês, informou a Receita Federal do Brasil nesta quinta-feira, 18.   A arrecadação de setembro é 4,14% superior aos R$ 46,552 bilhões recolhidos em igual período do ano passado, segundo dados corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).   No ano, a arrecadação acumulada é de R$ 435,011 bilhões, um aumento de 9,94% ante os R$ 395,684 bilhões do mesmo período de 2006.   Previdência   A receita previdenciária somou de janeiro a setembro deste ano R$ 107,393 bilhões. O valor representa um aumento real (pelo IPCA) de 11,54% em relação ao montante registrado em igual período de 2006. Segundo a nota da Receita, essa expansão na arrecadação previdenciária reflete o crescimento na massa salarial, que de janeiro a agosto de 2007 subiu 10,04% ante o mesmo intervalo do ano passado, segundo dados do IBGE.   Além disso, foram criados 1,36 milhão de empregos formais, de acordo com os dados do Caged divulgado pelo ministério do Trabalho, diz o comunicado da Receita.

Mais conteúdo sobre:
Receitaarrecadação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.