Arrecadação de IPI de carros cai 91% após corte de alíquota

Governo reduziu imposto em dezembro para estimular as vendas e evitar queda na indústria automobilística

Adriana Fernandes- Agência Estado

20 de fevereiro de 2009 | 12h20

A arrecadação do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) que incide sobre automóveis, despencou em janeiro deste ano. Dados divulgados nesta sexta-feira pela Receita Federal mostram que a arrecadação do IPI automóveis teve uma queda real de 91,03% sobre janeiro do ano passado. Veja também: Arrecadação cai 7,26% com recuo de impostos sobre produção As medidas do emprego De olho nos sintomas da crise econômica  Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à criseO governo arrecadou R$ 34 milhões com o IPI automóveis em janeiro, ante R$ 378 milhões no mesmo mês de 2008. Em dezembro, a arrecadação do IPI automóveis foi de R$ 297 milhões.A queda do IPI foi influenciada pela redução das alíquotas do imposto que o governo adotou para estimular as vendas, no final do ano passado, que ficaram estagnadas depois da crise financeira internacional.Em relação a dezembro, a arrecadação do IPI caiu 88,56%. O IPI Outros , que exclui fumo, bebidas, automóveis e importação, teve uma queda real de 26,17% sobre janeiro do ano passado e queda de 19,91% sobre dezembro.

Tudo o que sabemos sobre:
IPIarrecadaçãoreceita

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.