Arrecadação de setembro tem crescimento real de 19,40%

A arrecadação da Receita Federal em setembro atingiu R$ 27,063 bilhões. Segundo dados divulgados hoje pelo órgão, a arrecadação em setembro apresentou um crescimento real (com correção pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo - IPCA) de 19,40% e nominal de 27,40% sobre setembro do ano passado.Em relação a agosto, a arrecadação de setembro teve aumento real de 4,05% e nominal, de 4,39%. No acumulado do ano, de janeiro a setembro, entraram para os cofres públicos R$ 234,887 bilhões, o que significou um crescimento real de 11,72%, e nominal de 18,96% sobre o mesmo período de 2003.Arrecadação da Cofins cresceA arrecadação da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) apresentou em setembro um crescimento real de 26,09% sobre o mesmo mês do ano passado, segundo dados divulgados pela Receita. Conforme os dados da Receita, a arrecadação da Cofins em setembro somou R$ 6,717 bilhões.O crescimento da Cofins foi um dos fatores que influenciaram o aumento da arrecadação total em relação ao mesmo mês do ano passado. Também ajudou o bom resultado do aumento de 32,03% do Imposto de Renda Retido na Fonte. O IPI também teve um desempenho superior. O IPI sobre o fumo cresceu 10,71%, o IPI automóveis, 31,88% e o IPI outros, 18,31%. Estes aumentos refletem também o crescimento da economia brasileira, conforme a Receita.Os dados da Receita mostram ainda crescimento de 16,81% na arrecadação do IRPJ sobre setembro do ano passado. Para a Receita, este aumento também reflete o crescimento da economia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.