Arrecadação federal cresce 28,23% e bate recorde

A Receita Federal obteve em junho uma arrecadação recorde de R$ 26,566 bilhões. Esse é o maior valor arrecadado pelo Fisco para os meses de junho. De acordo com os dados divulgados hoje pela Receita Federal, a arrecadação no mês teve um crescimento real (deflacionado pelo IPCA) de 28,23% em relação a junho de 2003 e de 7,32% em relação a maio deste ano. A preços correntes, a arrecadação de junho registra um crescimento de 36,01% sobre junho de 2003 e de 8,09% sobre maio. Nos seis primeiros meses deste ano, a arrecadação da Receita Federal já soma R$ 153,745 bilhões, o que equivale um crescimento real de 8,81% e nominal de 15,56% sobre o mesmo período do ano passado. Crescimento da Cofins A arrecadação recorde da Receita Federal no mês de junho refletiu no aumento da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins). O crescimento real (correção pelo IPCA) desse tributo foi de 40,79% sobre junho de 2003. De acordo com dados divulgados pela Receita Federal, a arrecadação da Cofins em junho deste ano foi de R$ 7,186 bilhões, ante R$ 5,104 bilhões em junho de 2003. Em relação a maio de 2004, a arrecadação da Cofins em junho teve um crescimento real de 4,32%. O crescimento da Cofins se deve ao estabelecimento da cobrança nas importações, com vigência a partir de fatos geradores desde de 1º de maio passado. A arrecadação da Cofins também começou a crescer depois que foi alterada a forma de tributação da contribuição, que passou a ser não cumulativa e teve a alíquota elevada de 3% para 7,6%. Outro fator que tem contribuído para o aumento da Cofins é a elevação da alíquota de 3% para 4% cobrada das instituições financeiras. Segundo a Receita, também contribuiu para o aumento a nova forma de tributação da Cofins, com retenção na fonte para os pagamentos efetuados pelas empresas prestadoras de serviços. Essa medida, segundo a Receita, tem contribuído para diminuir a sonegação nesse setor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.