Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Arrecadação sobe 5,56% no ano passado

A arrecadação do Brasil em impostos federais no ano passado ficou acumulada em R$ 364,136 bilhões, montante 5,56% acima, em termos reais (corrigidos pelo Índice de Preços ao Consumidor Ampliado), do total arrecadado em 2004. Os dados, liberados hoje pela Secretaria da Receita Federal, ainda apontaram que em 2005, a receita administrada pelo órgão totalizou R$ 346,955 bilhões, valor 8,02% maior do que o arrecadado em igual período de 2004. As demais arrecadações totalizaram no ano passado R$ 17,181 bilhões, valor 26,71% inferior ao verificado entre janeiro e dezembro de 2004.O secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, afirmou hoje que a arrecadação recorde em 2005 teve seu resultado motivado pela redução no espaço de sonegação fiscal e também refletiu o crescimento econômico.De acordo com ele, o impacto do crescimento na arrecadação no ano passado pode ser verificado no aumento real da arrecadação do IPI, de 7,78%, especialmente no item IPI/outros (que cresceu 13,57%), que inclui todas as indústrias exceto fumo, bebidas, automóveis e importados. Este aumento, segundo ele, se deu mesmo com a redução da tributação do item bens de capital, que foi totalmente desonerado desse imposto em julho do ano passado, o que representou uma renúncia fiscal entre R$ 500 milhões e R$ 600 milhões.De acordo com Rachid, o aumento da arrecadação reflete a melhor atividade econômica a expansão da receita do Imposto de Renda Pessoa Jurídica, cujo aumento real no ano passado foi de 22,47%, fruto da maior lucratividade das empresas brasileiras. Outro indicador foi o aumento de 3,5% na arrecadação da CPMF.Rachid previu um novo aumento na arrecadação federal para este ano, mas não informou de quanto seria esta elevação. "Espero aumento da arrecadação em 2006, mas sem crescimento de impostos", afirmou.Tendência permaneceu em dezembroEm dezembro a tendência de alta foi mantida, atingindo R$ 36,994 bilhões, valor 7,3% superior em termos reais ao verificado no mesmo mês de 2004. Deste total, a receita administrada pela Secretaria de Receita Federal somou R$ 36,212 bilhões, um crescimento real de 11,85% ante dezembro de 2004. As demais receitas somaram em dezembro R$ 782 milhões, uma queda real de 6,78% na mesma comparação.Arrecadação PrevidenciáriaA arrecadação previdenciária total em dezembro, por sua vez, somou R$ 15,966 bilhões, sendo R$ 15,216 bilhões de receitas próprias da Previdência e R$ 751 milhões de recursos oriundos de outras entidades. Este valor foi 6,87% superior ao verificado em dezembro de 2004. No ano, a receita previdenciária total somou R$ 115,897 bilhões, um aumento real de 7,23% ante 2004. As receitas próprias somaram R$ 108,172 bilhões e as demais receitas, R$ 7,725 bilhões.

Agencia Estado,

19 de janeiro de 2006 | 15h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.