Artistas e 'Imagine' contra gás de xisto

Iniciativa reúne cerca de 200 famosos nos EUA

O Estado de S.Paulo

13 de dezembro de 2012 | 02h03

Cerca de 200 artistas de várias nacionalidades fazem campanha nos Estados Unidos contra a exploração do gás de xisto, rocha que, em alta temperatura, produz um óleo do qual pode ser extraído gás liquefeito e outros produtos usados como combustíveis.

A iniciativa é liderada por Yoko Ono e seu filho com John Lennon, Sean Lennon. Na lista com as personalidades que aderiram à causa, aparecem nomes de bandas e artistas como Paul McCartney, Lady Gaga, The Strokes, Roberto De Niro e até o médico indiano Deepak Chopra.

Em anúncio no jornal The New York Times, eles pedem que o governador de Nova York, Andrew Cuomo, decida não permitir o uso de fratura hidráulica para produção de gás de xisto. "Vamos convencê-lo a 'dar uma chance à energia limpa' em vez de submeter nosso Estado aos horrores da fratura hidráulica."

A campanha usa como tema a letra da música Imagine, de John Lennon, mas com alteração: Imagine there is no fracking, diz a propaganda ("Imagine se não houver fratura hidráulica").

Para os artistas, esse procedimento é "sujo e perigoso" porque "contamina a água com gases". Ainda, esse trabalho transforma "bonitas áreas rurais" em "terras desperdiçadas". Eles acrescentam que "nenhuma regulação governamental é capaz de tornar esse processo seguro". O site da campanha é http://artistsagainstfracking.com/.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.