Ásia opera em queda, seguindo os outros mercados mundiais

Indicador Kospi, de Seul, caía 30,45 pontos (2,54%) e Hang Seng, de Hong Kong, perdia 334,50 pontos (2,41%)

Agências internacionais,

11 de fevereiro de 2009 | 01h40

As Bolsas asiáticas abriram o pregão desta quarta-feira, 11, em baixa, após a divulgação do pacote de ajuda ao setor financeiro nos Estados Unidos e a aprovação do pacote de US$ 838 bilhões no Senado americano, seguindo a tendência dos outros mercados mundiais. Veja também:Entenda o novo plano dos EUA para resgatar bancosSenado aprova pacote de US$ 838 bilhões por 61 votos a 37EUA anunciam US$ 1 trilhão para bancos com problemasDe olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise O indicador Kospi, do mercado sul-coreano, caía 30,45 pontos (2,54%) para se situar em 1.168,42 pontos. O índice de valores tecnológicos Kosdaq cedia 8,15 até os 372,11 pontos.  O índice Hang Seng da Bolsa de Hong Kong perdia 334,50 pontos (2,41%), aos 13.546,14. Já em Manila, a queda do índice composto Psei chegava a 29,69 pontos (1,55%), aos 1.887,88. O índice seletivo JKSE, da bolsa de Jacarta, caía 24,68 pontos (1,85%), aos 1.307,45. Em Bangcoc, o índice SET estava em 438,96 pontos, após cair 4,21 (0,94%). O índice Straits Times, da bolsa de Cingapura, caía 15,72 pontos (0,92%), aos 1.687,57. O índice seletivo KLCI, da bolsa de Kuala Lumpur, estava em 897,95 pontos, após cair 5,57 (0,62%) na abertura do pregão desta quarta-feira. A Bolsa de Tóquio não funciona nesta quarta-feira por causa do feriado da Fundação Nacional do Japão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.