Ásia segue mercados mundiais e fecha em queda

As fortes baixas registradas ontem nas bolsas ao redor do mundo deram o tom dos mercados asiáticos nesta quarta-feira. Em Seul, o índice Kospi caiu 2,37%, puxado também pelo mal desempenho do índice de crescimento do setor manufatureiro. O Nikkei 225 teve retração de 1,54%, aos 9.075,09 pontos, a pior pontuação desde agosto de 1983, com a falta de incentivos de compras. Analistas acreditam que o mercado deve cair ainda mais, caso não haja uma forte recuperação em Wall Street. Taiwan encerrou o dia com o pior resultado em nove meses (-1,18%, 4.534,15 pontos), já que a situação nos EUA desperta preocupações sobre a demanda sobre produtos do setor de tecnologia. Na contramão do fluxo de más notícias, o mercado filipino registrou hoje alta de 1,45%, estimulado pelos surpreendentes resultados das exportações em julho e pela procura por papéis subvalorizados. No intervalo dos negócios, as demais bolsas do sudeste asiático registravam: Hong Kong: -1,24%; Indonésia: -2,33%; Malásia: -0,84%; Tailândia: -2,22% e Cingapura: -1,22%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.