Assembleia da Celpa é adiada mais uma vez

O Tribunal de Justiça do Pará suspendeu a assembleia de credores da distribuidora paraense Celpa, que entrou em junho com pedido de recuperação judicial.

O Estado de S.Paulo

18 de agosto de 2012 | 03h07

Acolhendo pedido da Celpa - apoiado pelo administrador judicial Mauro Lisboa dos Santos -, a juíza Maria Filomena de Almeida suspendeu "até ulterior deliberação" a reunião, prevista para terça-feira, após já ter sido adiada uma vez (em 9 de julho).

"É de reconhecer a insegurança jurídica causada pelos sucessivos pedidos de adiamento da assembleia de credores, quando é notório que a viabilidade do plano de recuperação só se concretizará com a conclusão das negociações para a aquisição da companhia", justificou a juíza.

A nova data depende de acordo entre a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e a Equatorial Energia, que fez proposta de compra. Uma das condições para que a holding controladora da distribuidora Cemar assuma o controle é que a Aneel flexibilize metas para indicadores técnicos de qualidade do serviço./ LUCIANA COLLET

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.