Assembleia de Deus lança operadora de celular

A Assembleia de Deus, que tem cerca de 18 milhões de fiéis no Brasil, vai lançar uma operadora celular que utilizará capacidade de rede da Vivo. A informação foi divulgada ontem pela instituição religiosa.

REUTERS, O Estado de S. Paulo

01 de outubro de 2015 | 02h05

A mais nova operadora virtual do mercado brasileiro vai se chamar Mais AD e tem parceria com a Movttel, empresa que tem entre os investidores o executivo especializado em reestruturações empresariais Ricardo Knoepfelmacher, ex-presidente da Brasil Telecom, operadora incorporada à Oi. O diretor-geral da operadora é Raul Aguirre, que já chefiou a Virgin Mobile Latin America e teve passagem pela Oi.

Atuação nacional. O investimento no projeto não foi informado. O lançamento será realizado hoje. A operadora afirma que terá atuação nacional "voltada ao público cristão". A companhia oferecerá serviços "com conteúdos aprovados por líderes evangélicos".

A operadora Mais AD será a terceira MVNO (sigla em inglês para Operadora Virtual de Rede Móvel) do País, depois do lançamento da Datora Mobile, que atua sob a marca do grupo europeu Vodafone, e da Porto Seguro Telecomunicações, do grupo segurador de mesmo nome.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.