Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Assinante ganha módulo analítico para tablet

Novo produto do ‘Estado’ é exclusivo para dispositivo móvel e terá análise do noticiário do dia, vídeos e destaques da manhã seguinte

21 de abril de 2012 | 15h57

Os leitores do jornal O Estado de S. Paulo no tablet ganham, a partir de segunda-feira, o Estadão Noite, uma edição concebida exclusivamente para dispositivos móveis e que estará disponível para download a partir das 20h, de segunda-feira a sexta-feira.

O novo produto terá análise do noticiário do dia e vídeos, além de destaques da edição do jornal que chega às bancas na manhã seguinte. Aos sábados, com a edição do dia, o leitor poderá baixar o Estadão Fotos, um mosaico com as imagens que foram destaque no noticiário da semana.

"É o encontro da síntese dos fatos marcantes do dia com a análise e investigação do que será relevante no próximo. A partir de agora, mais uma atividade certa ao fechar meu dia é a leitura do Estadão Noite", afirma José Papa Neto, diretor de Estratégias Corporativas e Mercados Digitais do Grupo Estado.

O Estadão Noite e o Estadão Fotos terão versões para iPad e para dispositivos móveis que utilizam o sistema Android. O Estado de S. Paulo foi o primeiro jornal brasileiro a ter uma versão específica para o tablet da Apple.

O Grupo Estado também foi o primeiro veículo do País a lançar um aplicativo para iPad, no mesmo dia em que o produto começou a ser vendido nos Estados Unidos, em 3 de abril de 2010.

Também a partir de amanhã, o Estadão Tablet, que está disponível a partir das 5h, estreia um novo desenho. A reformulação amplia a experiência do leitor, aproveitando melhor a tela do dispositivo, e altera a leitura na vertical, permitindo ao usuário aumentar a fonte do texto.

Conceito

O Estadão Noite terá foco analítico e textos exclusivos. Cinco colunistas do Estado vão analisar os fatos do dia nas principais áreas, como política e economia, ajudando o leitor a compreender os acontecimentos que movimentaram o noticiário. Dois vídeos produzidos pela TV Estadão, uma galeria de fotos com as imagens do dia e o Giro 15 Especial, de responsabilidade da Rádio Estadão/ESPN e feito, exclusivamente, para a nova publicação, completam o material informativo. Os destaques do jornal O Estado de S. Paulo que circula no dia seguinte fecham a edição.

"O Estadão Noite é uma edição puramente analítica. Pesquisas sobre hábitos de uso de tablets mostram que à noite os leitores buscam uma leitura menos tensa que a de notícias, por isso nossa aposta em explicar, em analisar o dia, e de um jeito leve, conciso. Até o layout tem um ritmo suave, próprio para a noite", afirma Claudia Belfort, editora-chefe de Conteúdos Digitais do Grupo Estado.

"É uma ampliação no leque de ofertas para o leitor, que não se contenta só com o noticiário, mas exige cada vez mais também a interpretação e a análise dos fatos", diz Cida Damasco, editora-chefe do Estado.

O Estadão Fotos vai reunir, em imagens, o noticiário da semana. Para isso, a publicação terá produção dos fotógrafos do Grupo Estado, além de fotografias de agências internacionais. Em cada edição, um profissional do Estado vai explicar, em vídeo, a história por trás da imagem. "Diariamente passam pelos nossos olhos mais de sete mil fotografias jornalísticas, sendo produção nossa e de agências. Muito dessa produção se perde. Com o Estadão Fotos, vai ser possível destacar imagens, não apenas jornalísticas, mas que são plasticamente bonitas", afirma Eduardo Nicolau, editor de Fotografia do Estado.

Os novos produtos seguem o padrão já adotado pelo Estado na sua versão tablet. Depois de baixar as novas edições, o usuário poderá ler o Estadão Noite e o Estadão Fotos offline, sem necessidade de conexão wi-fi ou 3G.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.