Associação Comercial de SP é contra alta dos juros

O diretor da Associação Comercial de São Paulo, Marcel Solimeo, disse hoje que o Banco Central deveria manter a taxa de juros estável em 25,5% ao ano na reunião do Copom amanhã e quarta-feira. "É preciso esperar que as medidas econômicas tenham efeito e não ficar seguindo a expectativa do mercado financeiro, que sempre vai apostar em alta nos juros", afirma.Para o economista, o Copom deveria sinalizar com uma tendência de alta, abrindo espaço para a alta, caso ocorra a guerra entre os Estados Unidos e o Iraque.Ele afirmou que desde outubro do ano passado os juros subiram de 18% para 25,5% ao ano, o governo já anunciou aumento na expectativa de superávit primário de 3,75% em 2002 para 4,25% ao ano em 2003 e corte de gastos. "Não faz sentido indicar aumento no superávit primário nas contas públicas para poder pagar juros e depois elevar as taxas", disse.Solimeo afirmou que a economia está com baixa demanda e o consumidor está perdendo renda com a elevação nos preços e uma série de despesas neste início de ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.