Ata de reunião mostra divisão entre membros do BC britânico

Dois formuladores de política do Bancoda Inglaterra se opuseram ao corte de juros de 0,25 pontopercentual promovido neste mês, votando pela manutenção, masoutro queria uma redução ainda maior, de 0,50 ponto. Foi a primeira reunião com três votos diferentes desde maiode 2006, mostrou nesta quarta-feira a ata do encontro de 9 e 10de abril. Seis membros votaram pelo corte decidido, argumentando queisso reduziria o risco de uma forte desaceleração econômica. Tim Besley e Andrew Sentance votaram pela manutenção dataxa em 5,25 por cento, dizendo que embora o juro teria quecair em um ritmo moderado, os dados econômicos recentes aindanão justificavam tal decisão em abril. David Blanchflower votou sozinho por um corte de 0,50 pontopercentual.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.