Ata do Copom atrai a atenção do mercado

Documento será divulgada na quinta-feira, 28, e deve dar pistas de como o Banco Central está enxergando o cenário econômico brasileiro e mundial e quais devem ser seus próximos passos

Yolanda Fordelone, do Economia & Negócios,

22 de outubro de 2010 | 15h55

Após o Comitê de Política Monetária manter a taxa básica de juros (Selic) no patamar de 10,75% ao ano, o mercado volta a sua atenção ao comunicado que explica as razões que levaram o órgão a tomar tal decisão. A Ata do Copom será divulgada na quinta-feira, 28, e deve dar pistas de como o Banco Central está enxergando o cenário econômico brasileiro e mundial e quais devem ser seus próximos passos.

Como destaques secundários, a agenda traz o Investimento Estrangeiro Direto (IED) de setembro, que sai na segunda-feira, o total de empréstimos no Brasil em setembro, na terça-feira, e o IGP-M de outubro, na quinta-feira. Analistas já traçaram suas projeções para o IGP-M, de alta de 1,05%. Veja abaixo a agenda completa do investidor: 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.