Até julho, vôos da Varig e TAM estarão totalmente compartilhados

Os vôos no Brasil e para Buenos Aires da Varig e da TAM estarão inteiramente compartilhados até o final de julho. A próxima parceria deverá ocorrer nos vôos internacionais, que ainda não tem data para se iniciar, afirmou uma fonte envolvida diretamente nas negociações. Diz ainda a mesma fonte que o processo de fusão está paralisado por enquanto devido à liminar que há na justiça do Rio de Janeiro, que impede o seu andamento. Também comenta-se que somente o Banco Fator recebeu uma auditoria feita na Varig pela KPMG. A Varig, desde o último trimestre de 2002, não apresenta balanços trimestrais e também não publicou ainda o balanço de 2002. Na última publicação trimestral, divulgada em 30 de setembro de 2002, apresentou um patrimônio negativo de R$ 2,5 bilhões e resultado líquido negativo de R$ 2 bilhões.

Agencia Estado,

15 Julho 2003 | 12h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.