Atento vence licitação do call center da Anatel

A Atento Brasil S.A. (do grupo Telefônica) ganhou a licitação do call center da Anatel. A empresa, que disputou o repique com a ACS (Grupo Algar), vai receber R$ 6,655 mi por ano para receber as reclamações dos assinantes de telefonia e de serviços de telecomunicações. No entanto, há expectativa de que essa licitação poderá parar na Justiça.O diretor da empresa Telematic Tecnologies, Alselmo da Rocha, anunciou que entrará com mandado de segurança na Justiça Federal para manter a empresa no páreo. A Telematic foi inabilitada pela comissão, porque não comprovou a quantidade de posições de atendimento, como previa o edital de licitação. O edital exigia 80 e ela tinha apenas 78, segundo a comissão de licitação. Porém, a Telematic ofereceu o menor preço R$ 5,630 mi.Na avaliação de Rocha, a Anatel está "colocando a raposa para cuidar do galinheiro" já que a Atento Brasil S.A é controlada pela Telefônica, que poderia ter informações privilegiadas das reclamações dos consumidores. O diretor de marketing da Atento Brasil, Regis Noronha, disse que não vê nenhum problema nesse fato. Segundo ele, a Atento presta serviços de call center também para a Intelig, Telemar, CRT, Telefônica, Tele Bahia Celular e no setor de energia faz o atendimento para a Aneel, Coelba, da Bahia, e Celpe, de Pernambuco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.