Kena Betancur/AP
Kena Betancur/AP

AT&T firma acordo para fusão da WarnerMedia com a Discovery, para brigar com Disney e Netflix

Se aprovado por órgãos reguladores, negócio vai gerar um novo gigante de mídia avaliado em cerca de US$ 150 bilhões

Agências Internacionais, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2021 | 08h53

A AT&T confirmou, nesta segunda-feira, 17, o fechamento de um acordo que prevê a fusão de seu braço de mídia, a WarnerMedia (dona dos canais CNN, HBO, TNT e do estúdio de cinema Warner Bros.), com a Discovery. Se aprovada por reguladores, a operação vai criar uma nova empresa que competirá com gigantes do setor de entretenimento, como Walt Disney e Netflix. O novo grupo de mídia é avaliado em cerca de US$ 150 bilhões

Pelos termos do negócio, a AT&T receberia US$ 43 bilhões em uma combinação de dinheiro e títulos de dívida, enquanto seus acionistas teriam os papéis de 71% da nova companhia. Os 29% restantes ficaram com acionistas da Discovery. Segundo comunicado, o conselho das duas empresas aprovaram a transação.

O presidente e executivo-chefe da Discovery, David Zaslav, vai liderar o novo empreendimento, que reúne um dos estúdios mais poderosos de Hollywood, englobando as franquias Harry Potter e Batman, informou a Reuters. O nome da empresa deve ser divulgado na próxima semana. Outros detalhes, incluindo o futuro do CEO da WarnerMedia, Jason Kilar, e como as propriedades e serviços serão arranjados, ainda precisam ser acertados, explicaram executivos em uma coletiva de imprensa após o anúncio do negócio.

"As oportunidades de streaming direto para o consumidor estão evoluindo rapidamente e, para manter o ritmo e manter uma posição de liderança, várias coisas são necessárias - escala global, acesso a capital, uma gama de conteúdo de alta qualidade e os melhores talentos da indústria", disse o CEO da AT&T, John Stankey.

Mercado de streaming

Ao lado de serviços online como Disney Plus, Amazon Prime e Apple TV+, o canal HBO é um dos principais concorrentes da Netflix no mercado de streaming. No primeiro trimestre, a empresa atingiu um total de 63,9 milhões de assinantes no mundo (somando os consumidores de TV a cabo e streaming), um aumento de 18% sobre o mesmo período do ano passado. 

A empresa tem um vasto e valioso catálogo de filmes, documentários e séries, e tem apostado nesse conteúdo para expandir seu serviço de streaming HBO Max, que deve estrear em junho no Brasil e em outros países da América Latina e até o fim do ano em vários países da Europa

Segundo notícias dos Estados Unidos, a união da WarnerMedia com o grupo Discovery veio também para cindir a operação da AT&T de sua grande aposta na área de mídia, realizada em 2016, por US$ 85 bilhões, mas só concluída no início do ano passado, após aprovações de órgãos reguladores ao redor do mundo, incluindo no Brasil. A ideia da AT&T agora é focar na expansão da cobertura de 5G nos Estados Unidos.

Apesar de ter quase 64 milhões de consumidores – número que deve crescer com a expansão territorial agora planejada –, a HBO Max está bem longe dos 103,6 milhões de clientes da Disney+ e dos 207,6 milhões da Netflix. A seu favor, no entanto, ela tem a expansão global ainda em estágio inicial de um portfólio respeitável de conteúdo, com clássicos como "Game of Thrones", "The Sopranos", "Sex and the City" e "Friends", entre muitos outros.

Principais ativos da WarnerMedia

  • HBO
  • CNN
  • HBOMax
  • Warner Bros.
  • Boomerang
  • Cartoon Network
  • TNT
  • TBS
  • TCM
  • Cinemax
  • TruTV
  • Tooncast
  • Turner Sports

Já a Discovery detém os canais de TV fechada Discovery Channel, Science, TLC, Food Network, entre outros. O grupo, que tem um valor de mercado de US$ 24 bilhões, tem uma extensa lista de documentários e produções de TV por assinatura, acumulada desde a fundação da empresa em 1985.

Em janeiro deste ano, o grupo estreou seu serviço de streaming nos Estados Unidos. No mês de abril, a plataforma havia alcançado 15 milhões de assinantes, de acordo com as informações da empresa.

Ativos da Discovery

  • Discovery Channel
  • HGTV
  • Food Network
  • TLC
  • Investigation Discovery
  • OWN
  • Travel Channel
  • Animal Planet
  • Science Channel
  • DIY Network
  • Discovery Family
  • Discovery Life
  • Discovery Home & Health

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.