Atividade da indústria paulista cresce 7,4% em janeiro

O Indicador de Nível de Atividade (INA) da indústria paulista teve alta de 7,4% em janeiro deste ano, na comparação com o mesmo mês do ano passado, sem ajuste sazonal. A informação foi divulgada nesta terça-feira pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), que destacaram que, em relação a dezembro do ano passado, o INA caiu 1,7%, sem ajuste sazonal, e subiu 1,5%, com ajuste sazonal.O nível de utilização da capacidade instalada ficou em 77,4%, uma queda de dois pontos porcentuais, em relação ao mesmo mês de 2005, quando posicionou-se em 79,4%. Em dezembro, a utilização da capacidade instalada estava em 78,4%.Alta anualNa base de comparação anual, sem ajuste sazonal, todas as variáveis que formam o Levantamento de Conjuntura da Fiesp e do Ciesp apresentaram alta: 4,2% no total de horas pagas, 6,8% nas horas trabalhadas na produção; 3,8% nas horas médias trabalhadas; 15,8% no total de salários nominais; 10,8% no total de salários reais; 6,7% no salário médio real; 19,7% no total de vendas nominais; e 21% no total de vendas reais.Em relação a dezembro de 2005, todas as variáveis foram negativas, sem ajuste sazonal: -1% no total de horas pagas; -0,6% nas horas trabalhadas na produção; -1,2% nas horas médias trabalhadas; -1,3% no total de salários nominais; -1,8% no total de salários reais; -2,4% no salário médio real; -2,4% no total de vendas nominais; e -3,3% no total de vendas reais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.