finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Atividade da indústria paulista sobe 0,2% em outubro

Pesquisa da Fiesp traz dados positivos no setor, mas aponta pessimismo histórico entre os empresários

Reuters e Agência Estado,

27 de novembro de 2008 | 11h24

A atividade da indústria de São Paulo cresceu 0,2% em outubro sobre setembro, segundo dados com ajuste sazonal divulgados nesta quinta-feira, 27, pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Sem ajuste, houve alta de 3,4% no nível da atividade. Frente a outubro do ano passado, o avanço foi de 4,6%.  Entre os setores, em outubro os destaques de alta foram Alimentos e Bebidas, com ganho de 3,6% na comparação mensal, com ajuste, seguido por Veículos automotores, com avanço de 1,4%. As vendas reais da indústria cresceram 4,7% mês a mês, sem ajuste sazonal, e 8,6% na comparação anual. No ano, o avanço das vendas foi de 5,7%.  O uso da capacidade instalada na indústria do Estado, considerando os dados sem ajuste sazonal, totalizou 83,9% em outubro, comparado a 83,7% em setembro e a 84,3% em igual mês de 2007. No ano, a atividade tem expansão de 7,5% e nos últimos 12 meses, de 7,7%.  Pessimismo O pessimismo atingiu em cheio as expectativas dos industriais paulistas no mês de novembro. A pesquisa "Sensor", realizada quinzenalmente pela Fiesp com o objetivo de prever os resultados da atividade industrial antes da divulgação do INA, registrou 42,5 pontos na segunda quinzena de novembro. Esse indicador varia de 0 a 100 pontos, de forma que resultados abaixo dos 50 pontos indicam pessimismo.  Todos os itens que compõem o Sensor Fiesp ficaram abaixo dos 50 pontos. Mercado registrou 39 pontos; vendas 42,5 pontos; estoque 42,1 pontos; emprego 43,3 pontos; e investimentos 45,6 pontos. O sensor da primeira quinzena de novembro, que estava em 43,7 pontos, foi revisado para 43,3 pontos.  Os resultados de novembro foram os primeiros do ano a ficar abaixo dos 50 pontos. São também os piores da série histórica, iniciada em junho de 2006. A última vez em que o sensor ficou abaixo dos 50 pontos foi em janeiro de 2007 (49,1 pontos).

Tudo o que sabemos sobre:
IndústriaFiesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.