Atividade da indústria sobe 3,8% no semestre

O Indicador de Nível de Atividade (INA) da indústria paulista, apurado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), cresceu 3,8%, na comparação o mesmo período do ano passado. Em junho, tomando como base maio, o indicador subiu 0,1%, com ajuste sazonal - levando-se em conta os efeitos temporais. Sem o ajuste, o indicador registrou queda de 1%, na mesma base de comparação.Já na comparação de junho com o mesmo período de 2005, a alta foi de 3,7%. O nível de utilização da capacidade instalada (Nuci) caiu para 82,2% no mês passado ante 82,9% em maio. Em junho de 2005, o uso da capacidade instalada estava em 81,9%. No mês passado, as vendas reais da indústria paulista cresceram 3,6% sobre maio. Na comparação com o mesmo mês de 2005, a alta foi de 12,7%.Destaques Entre os destaques negativos, a pesquisa da Fiesp e do Ciesp mostrou queda de 2,3% na atividade no setor de veículos automotores, com ajuste sazonal, ante o mês anterior. Nesse setor, as vendas reais, em junho, recuaram 3,9% sobre maio. Em Máquinas e Equipamentos, o recuo foi de 3,3% nas vendas, na mesma base de comparação.Na ponta positiva, o destaque foi Metalurgia Básica, com crescimento de 2,1% em junho ante maio, na série com ajuste.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.