Atividade do setor industrial dos EUA cresceu em setembro

A atividade do setor industrial dos Estados Unidos cresceu em setembro acima do que previam os economistas, informou hoje o Instituto para a Gestão de Provisões (ISM, na sigla em inglês). O índice de atividade no setor ficou em 59,4 pontos, comparado com os 53,6 pontos de agosto, quando os especialistas previam que ficaria em torno de 52 pontos porcentuais.O aumento registrado em novos pedidos às empresas, assim como a alta em produtividade, contribuíram para o resultado do mês passado, ressaltou em comunicado Norbert Ore, um dos autores do relatório. O índice de novos pedidos se situou em 63,8 pontos, comparado com os 56,4 pontos de agosto, e o de produção alcançou 63,1 pontos, contra os 55,9 pontos do mês anterior.O setor industrial registrou avanços durante 28 meses consecutivos e revela o fato de que este índice se manteve acima de 50 pontos durante todo o tempo.Matérias-primasA última pesquisa do ISM mostrou, além disso, um forte aumento nos preços pagos pelas empresas pelas matérias-primas e o índice que mede esta variável se situou em 78 pontos, contra os 62,5 pontos do mês anterior.O índice de emprego subiu com moderação, a 53,1 pontos, ligeiramente acima dos 52,6 pontos de agosto.Alguns empresários entrevistados assinalaram que o furacão Katrina tinha dificultado o acesso a matérias-primas, por ser produzido ou importado através de Nova Orleans.Os fabricantes mostram confiança em que a limpeza e a reconstrução da região devastada por esse furacão tenha um notável efeito em seus negócios e inclusive percebem já um aumento substancial nos pedidos efetuados seus clientes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.