Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Atividade econômica do México sobe 4,4% em janeiro

Comparada com um ano atrás, a produção industrial avançou 4,2%, puxada pela indústria automobilística e os serviços saltaram 5,4%

Renan Carreira, da Agência Estado,

23 de março de 2012 | 13h42

A economia do México registrou um forte avanço no início deste ano graças aos ganhos na produção industrial e nos serviços, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatísticas (Inegi). Por outro lado, a produção agrícola teve queda.

O Inegi informou que seu indicador de atividade econômica global (Igae), que mede a maioria dos itens que compõem o Produto Interno Bruto (PIB), subiu 4,4% em janeiro, ante o mesmo mês do ano passado, e 0,5% acima do calculado em dezembro, em termos ajustados sazonalmente não anualizados. O aumento na comparação com janeiro de 2011 ficou acima da estimativa de 3,9% de oito economistas pesquisados pela Dow Jones.

Comparada com um ano atrás, a produção industrial avançou 4,2%, puxada pela indústria automobilística. Os serviços saltaram 5,4% com ganhos no comércio, serviços financeiros e outros. Por outro lado, a produção menor de milho, sorgo e açúcar contribuiu para uma queda de 3,6% no desempenho agrícola.

O crescimento econômico recuou para 3,9% em 2011, de 5,5% no ano anterior. As expectativas são de um crescimento mais lento em 2012, embora a economia tenha mostrado sinais de resiliência, em parte como resultado de uma melhora no desempenho econômico dos Estados Unidos, para onde o México envia a maior parte de suas exportações.

O aumento do emprego e do crédito no país, e o crescimento nas remessas dos mexicanos que moram fora do país, contribuíram para o consumo doméstico, e a demanda interna deve ter um papel maior na expansão econômica neste ano.

O desemprego no México caiu em fevereiro em relação ao mesmo mês do ano passado, embora tenha registrado alta na comparação com janeiro, informou o Inegi. Segundo o órgão, o desemprego ficou em 5,3% no mês passado, ante 5,4% em fevereiro de 2011. Em termos ajustados sazonalmente, a taxa de desemprego subiu 0,4 ponto porcentual na comparação com janeiro, disse o Inegi. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
MéxicoInegiPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.