Atividade econômica dos EUA permanece abaixo da tendência

Índice de atividade nacional sobe para -0,96 em maio e reforça tese de que país já entrou em recessão

Nathália Ferreira, da Agência Estado,

23 de junho de 2008 | 10h06

A atividade econômica dos EUA permaneceu abaixo da tendência histórica em maio, mas melhorou em relação ao mês anterior. O índice de atividade nacional do Fed de Chicago, divulgado nesta segunda-feira, 23, subiu para -0,96 em maio, de -1,23 em abril, com todas as quatro categorias abaixo de zero. Dados negativos sugerem crescimento abaixo da tendência.  Veja também:Entenda os efeitos da crise nos Estados Unidos  Cronologia da crise financeira   A média móvel em três meses ficou em -1,08 em maio, comparado a -1,27 em abril. O Fed de Chicago disse que a média mostrou "baixa pressão inflacionária" vinda da atividade econômica no ano. Maio foi o sexto mês consecutivo em que a média móvel ficou abaixo do nível de -0,70, que indica crescente probabilidade de que uma recessão começou.  Nos EUA, a alta da inflação combinada com a desaceleração econômica provoca incertezas sobre quando, e em que magnitude, a política monetária será apertada. O mercado aguarda ansioso a reunião do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), que será realizada na terça e na quarta-feira. A maioria dos analistas espera que a taxa de juros seja mantida em 2% ao ano, interrompendo o processo de queda.  A semana também será agitada por um comunicado do Comitê de Mercado Aberto do Fed (Fomc). Se usar termos muito enfáticos contra a inflação e sinalizar uma retomada da alta dos juros, a volatilidade dos mercados pode aumentar. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Crise nos EUAFed

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.