Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Atividade industrial da China registra expansão em setembro

É o sétimo mês consecutivo em que indicador permanece acima de 50, limite entre a expansão e a contração

Hélio Barboza, da Agência Estado,

01 de outubro de 2009 | 10h09

A atividade industrial da China em setembro pode estar sinalizando que a recuperação da economia doméstica é sustentável, segundo um indicador reconhecido pelo governo e divulgado nesta quinta-feira, 1. O Índice dos Gerentes de Compra (PMI, na sigla em inglês), um termômetro da atividade industrial emitido pela Federação de Logística e Compra da China (CFLP, na sigla em inglês), subiu para 54,3 em setembro, de 54 em agosto.

 

Foi o sétimo mês consecutivo em que o PMI permaneceu acima de 50, o limite entre a expansão e a contração. Seis dos 11 componentes, incluindo novas encomendas, novos pedidos de exportação, produção e emprego aumentaram; e cinco diminuíram no mês passado em comparação com agosto.

 

"(O PMI de setembro) mostra que a economia da China continua a se recuperar, e com o acompanhamento da recuperação nos empregos e o crescimento relativamente rápido da renda, a retomada pode ser sustentável", disse o analista da CFLP, Zhang Liqun, num comunicado da Federação.

 

Combinado ao sólido resultado de setembro de outro índice muito observado, o HSBC PMI, divulgado ontem, o avanço da atividade industrial informado nesta quinta-feira pode ajudar a sustentar o crescimento econômico da China no terceiro trimestre, embora a discussão de quando e como desativar os estímulos do governo possa se intensificar nos próximos meses. O HSBC PMI caiu ligeiramente para 55 em setembro, de 55,1 em agosto, mas o mês passado foi o sexto consecutivo no qual o indicador ficou acima de 50. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaatividade industrialsetembro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.