Atividade industrial na zona do euro sobe para maior nível desde dezembro de 2006

Índice subiu para 56,3 março, superando as expectativas dos analistas

Danielle Chaves, da Agência Estado,

24 de março de 2010 | 08h05

O índice preliminar de atividade industrial dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) na zona do euro subiu para 56,3 em março, de 54,2 em fevereiro, o maior nível desde dezembro de 2006. O resultado foi impulsionado por um forte aumento nas encomendas para exportação, em parte por causa do euro fraco.

 

A alta do PMI industrial ajudou a elevar o PMI composto para 55,5 em março, de 53,7 em fevereiro. Esse foi o nível mais alto desde setembro de 2007. O PMI do setor de serviços avançou para a máxima em mais de dois anos de 53,7 em março, de 51,8 em fevereiro.

 

Os números vieram melhores do que o esperado. Economistas consultados pela Dow Jones projetavam queda no PMI industrial para 55,0, recuo no PMI composto para 53,5 e aumento no PMI de serviços para 52,0. Um nível acima de 50 sinaliza expansão na atividade, enquanto um dado abaixo indica contração. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.