finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Atividade industrial tem alta pelo 7° mês consecutivo

O Indicador do Nível de Atividade (INA) da indústria paulista, elaborado pelo sistema Fiesp/Ciesp, teve alta pelo sétimo mês consecutivo em julho, confirmando que o patamar de crescimento industrial no Estado avançou. De janeiro a julho, o INA subiu 5% sobre o mesmo período do ano passado. A título de comparação, o indicador fechou 2006 com incremento de apenas 2,9%. Mas ao mesmo tempo em que comemoram o dado, os empresários temem uma mudança no comportamento do Conselho de Política Monetária (Copom). "Uma interrupção no corte de juros poderia minar o ânimo dos empresários", disse Paulo Francini, diretor da Fiesp.Para Boris Tabacof, do Ciesp, o resultado do INA em julho (1% na margem) confirma que o aumento da atividade apresenta sinais de sustentabilidade. Por isso, já é possível pensar em um Produto Interno Bruto (PIB) industrial em 2007 na casa dos 5%, "muito acima do que imaginávamos no início do ano (entre 2% e 2,5%)", disse o empresário. Tabacof demonstrou preocupação com o fato de esses números virem a ser interpretados pela autoridade monetária como sinal de aquecimento da economia. "Seria contraproducente a interrupção da queda no custo do dinheiro e do crédito", completou o empresário, referindo-se ao impacto positivo que a queda ininterrupta da taxa básica (Selic) de juros, desde setembro de 2005, tem tido na formação positiva de expectativas dos empresários e do consumidor, que tem comprado à base de crédito.Os empresários destacaram que investimentos em produção crescem de forma a evitar uma redução na oferta e conseqüente inflação. Isso é comprovado pelo comportamento do nível de utilização da capacidade instalada, estável em relação a junho (82,9%), e do setor de máquinas e equipamentos. No ano até julho, o INA setorial cresceu 11,7% sobre o mesmo período do ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.