Atividade na indústria paulista cai em agosto, diz Fiesp

Pesquisa mostra ainda que a confiança dos empresários industriais paulistas atingiu 52,3 pontos na pesquisa Sensor de setembro, ante 50,5 na sondagem anterior, de agosto

Wladimir D'Andrade, da Agência Estado, Agencia Estado

27 de setembro de 2012 | 11h25

SÃO PAULO - O Indicador de Nível de Atividade (INA) da indústria paulista registrou queda 0,3% em agosto na comparação com o mês anterior, com ajuste sazonal - levando em conta os efeitos temporais. De acordo com dados da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na série sem ajuste, o avanço foi de 5% na mesma base de comparação. Houve ainda recuo do indicador sobre agosto de 2011, de 7%.

Nos primeiros oito meses do ano, o INA registra queda de 6,6% sobre igual período do ano passado e no acumulado de 12 meses, até agosto, recuo de 5,3%.

Já o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) passou de 81,3% em julho para 81,1% em agosto na série com ajuste sazonal. Em agosto do ano passado o nível de utilização era de 82,4%. Na série sem o ajuste sazonal, o Nuci do mês passado aumentou para 83%, ante 82,4% em julho, e caiu em comparação a agosto de 2011, quando estava em 84,1%.

Confiança

A Fiesp apurou ainda que a confiança dos empresários industriais paulistas atingiu 52,3 pontos na pesquisa Sensor de setembro, ante 50,5 na sondagem anterior, de agosto. O indicador busca obter informações da atividade da indústria de transformação durante o mês corrente da coleta de dados.

Dos cinco itens que compõem o Sensor, para a Fiesp, três apresentaram aumento em relação à sondagem anterior, um apontou queda e um indicou estabilidade.

A percepção do mercado passou de 55,8 pontos em agosto para 59,3 pontos em setembro; emprego subiu de 47,4 pontos em agosto para 49,8 pontos em setembro e investimentos melhoraram de 49,3 pontos para 54,6 pontos.

Já o item relacionado a estoque apresentou queda de 45,3 pontos para 40,8 pontos. O item que apresentou estabilidade foi o associado a vendas, que oscilou de 55,0 para 55,8 pontos. Mesmo com essa variação, a Fiesp considera que houve estabilidade por esse critério.

Tudo o que sabemos sobre:
INAFiespAgosto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.