Atuação conjunta vai trazer ganhos de escala

A atuação conjunta da Oi e da Brasil Telecom vai trazer ganhos de escala e conseqüente queda de tarifas, avaliaram ontem representantes do governo e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O ministro das Comunicações, Hélio Costa, disse à Agência Estado que o Brasil se fortalecerá com a criação da supertele, que vai cumprir um papel de estimular a economia."Estamos vivendo uma crise financeira, e uma operação como essa ativa o setor", afirmou. Segundo ele, o consumidor será beneficiado com a fusão. "Na medida em que se juntam operações dispendiosas, a tendência é melhorar o desempenho e ter preços melhores", afirmou. O presidente da Anatel, Ronaldo Sardenberg, também expressou sua expectativa de que a união das duas empresas produza ganhos de escala e de gestão e queda de tarifas. Ele disse que a Anatel "venceu uma etapa importante" que começou no início do ano com a elaboração de novas regras para o setor, com o Plano Geral de Outorgas (PGO).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.