ATUALIZA 1-Déficit da conta corrente dos EUA cai além do previsto no 2o tri

O déficit da conta corrente dos Estados Unidos encolheu mais que o previsto no segundo trimestre, ao passo que o país importou menos produtos enquanto a renda recebida sobre ativos norte-americanos no exterior aumentou.

Reuters

18 de setembro de 2012 | 10h05

O déficit da conta corrente, que mede o fluxo de produtos, serviços e investimentos quem entram e saem dos Estados Unidos, encolheu para 117,4 bilhões de dólares, informou nesta terça-feira o Departamento do Comércio.

O déficit foi equivalente a 3,0 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) e foi o menor desde o terceiro trimestre de 2011.

Analistas consultados pela Reuters esperavam que o déficit da conta corrente diminuísse para 125,5 bilhões de dólares.

Boa parte do recuo veio de uma queda do déficit dos Estados Unidos em produtos e um aumento do superávit na renda, informou o Departamento do Comércio.

As importações de bens caíram 0,5 por cento durante o trimestre, para 579,9 bilhões de dólares. As exportações de produtos cresceram 1,4 por cento, para 394,1 bilhões de dólares.

O superávit na renda aumentou para 55,5 bilhões de dólares, à medida que as receitas sobre ativos norte-americanos no exterior cresceram para 184,6 bilhões de dólares.

O Departamento do Comércio revisou sua estimativa para o déficit da conta corrente do primeiro trimestre para 133,6 bilhões de dólares, ante 137,3 bilhões de dólares previamente divulgado.

(Reportagem de Jason Lange)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUACONTACORRENTEATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.