Auditor: como o investidor pode se informar

O investidor que compra ações de uma empresa por meio de corretora pode ter acesso à qualidade do trabalho do auditor junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). No site da autarquia (veja no link abaixo) há detalhes sobre todos os inquéritos julgados e o nome dos auditores investigados. "Para saber qual é o escritório de auditoria que trabalha para a sua empresa, o acionista pode consultar o próprio site da companhia, o material de divulgação da empresa, a CVM e mesmo a Bolsa de Valores de São Paulo", afirma do diretor de relações institucionais da Associação Brasileira de Mercado de Capitais (Abamec-SP), Milton Luiz Milioni. Segundo ele, o investidor deve ter uma postura ativa na busca por essas informações. Isso significa que o melhor a fazer é não esperar que a empresa dê esse tipo de informação. O ideal é ir buscá-la ativamente por esses canais. Para o investidor que compra ações por meio de um fundo de ações, essa preocupação deve ficar a cargo do gestor da carteira. É ele quem deve exigir transparência na relação entre o acionista e a companhia. "Essa é uma das responsabilidades do gestor da instituição e, por esse tipo de trabalho, o gestor paga a taxa de administração", destaca o diretor da Abamec-SP.Portanto, mais uma vez é preciso destacar a importância de se escolher um gestor eficiente e comprometido com os interesses do investidor. Esta deve ser uma relação de extrema confiança, já que é o gestor da carteira quem vai administrar os recursos do investidor.Veja nos links abaixo mais informações sobre a atuação da CVM sobre empresas de auditoria e a avaliação da Associação Brasileira dos Analistas de Mercado de Capitais (Abamec) sobre a influência negativa dessas fraudes para o mercado de capitais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.