Auditoria atingirá todos os processos da Receita no Rio

O corregedor-geral da Receita Federal, Moacir Leão, anunciou hoje que vai baixar portaria determinando uma auditoria em todos os processos da Delegacia de Arrecadação Tributária da Receita Federal do Rio. O objetivo é, em 30 dias, detectar novas fraudes que teriam sido cometidas por auditores fiscais, advogados, despachantes e diretores de empresas. O rombo, de R$ 245 milhões pode chegar a R$ 1 bilhão, de acordo com cálculos informais da própria Receita.Leão mostrou hoje ao juiz da 3ª Vara Federal Criminal, Lafredo Lisbôa, cópias de quatro processos de empresas que teriam sido mandados indevidamente para o arquivo morto, com base em documentos falsos. Somente nesses processos o prejuízo é de cerca de R$ 10 milhões. Leão afirmou que foi descoberto o nome de mais um auditor envolvido, mas ele não quis revelar quem é. "Temos mais uma pessoa", disse. Policiais federais escoltam o corregedor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.