Aumenta a cada dia o cenário de colapso do euro, diz Bird

Para vice-presidente do banco, o melhor seria que países da região resolvessem problemas imediatamente, sob pena de provocar mais instabilidade

Ricardo Leopoldo, da Agência Estado,

16 de agosto de 2012 | 19h37

SÃO PAULO - O vice-presidente do Banco Mundial, Otaviano Canuto, afirmou que o impasse crônico da crise da Europa amplia paulatinamente as chances do fim da moeda única mantida por 17 países europeus. "Aumenta a cada dia o cenário de colapso do euro", destacou durante o seminário "Rumos da Economia Brasileira", promovido pela Internews em São Paulo. "E isso é relevante, pois o contexto mundial é de um sistema financeiro da maior parte das economias avançadas em situação frágil", afirmou.

Para Canuto, seria mais oportuno para os países da zona do euro resolverem imediatamente seus problemas, sob pena de provocar mais instabilidade financeira na região e intranquilidade social. "Quanto mais se procrastina a solução dessa questão, maior o tamanho do buraco e do ajuste a ser feito", ponderou.

Tudo o que sabemos sobre:
birdzona do eurocolapso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.