bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Aumenta a sobrevida das micro e pequenas empresas

Estudo mostra que 78% das empresas abertas no Brasil entre 2003 e 2005 continuam em funcionamento

Rodrigo Petry, da Agência Estado,

02 de outubro de 2007 | 15h31

Pesquisa do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) revela que 78% das empresas de micro e pequeno porte abertas no Brasil entre 2003 e 2005 continuam em funcionamento. O resultado é melhor do que o índice verificado entre 2000 e 2002, que foi de 50,6%. O estudo Taxa de Sobrevivência e Mortalidade das Micro e Pequenas Empresas foi encomendado pelo Sebrae e realizado pelo instituto Vox Populi. Na opinião do presidente do Sebrae, Paulo Okamotto, o empreendedor de pequeno negócio apresenta "boa escolaridade, busca o conhecimento e a informação para tocar sua empresa". "A pequena empresa tem evoluído na contratação com carteira de trabalho assinada, confirmando a força empregadora dos negócios de pequeno porte", disse Okamotto, acrescentando que houve ainda a elevação do grau de escolaridade dos proprietários das empresas ativas. De acordo com o levantamento, no período de 2003 a 2005 houve aumento crescente do número de empregados com carteira assinada entre as empresas ativas. Entre os anos de 2003 e de 2004 o indicador se manteve estável na faixa de 64%. Já em 2005 foi registrado um avanço e o número de brasileiros com carteira assinada saltou para 85%.

Tudo o que sabemos sobre:
EmpresasSebrae

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.