Aumenta carga tributária para os argentinos

A partir de hoje, o argentino terá uma carga tributária maior. O governo decidiu acabar com a possibilidade que o contribuinte tinha de descontar o valor pago pelo imposto ao cheque (a CPMF argentina) no Imposto sobre Valor Agregado (IVA) ou no Imposto de Renda. A decisão de cobrar 100% do imposto ao cheque passou desapercebida mesmo tendo sido publicada ontem pelo Boletim Oficial. Os bancos já estão cobrando o imposto por cada movimentação financeira realizada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.