Aumenta fatia dos jornais no investimento publicitário

O mercado imobiliário continua injetando anúncios nos jornais. Com isso, reforça os investimentos publicitários nesse canal de comunicação, na comparação com os outros veículos como televisão, rádio, revistas, cinema e internet. Os dados que acabam de ser divulgados pelo Projeto Inter-Meios, do Grupo Meio & Mensagem, mostram que os investimentos publicitários nos jornais cresceram 23,72% nos três primeiros meses do ano ante igual período de 2007. Esse crescimento superou o observado em televisão no mesmo período (12,54%), e também a média de todos os veículos (15,48%). Em março, os jornais passaram a responder por 19,40% do bolo publicitário. No final do ano passado, essa participação chegou a 16,28%, superior aos 15,22% registrados no final de 2006. A televisão mantém a liderança, com 57,8% de participação. As revistas aparecem na terceira posição, com 7,3% das verbas investidas. Rádio, com participação de 4%, e internet, com 3,2%, vêm na seqüência."Esses resultados são excepcionais", diz Antonio Athayde, diretor-executivo da Associação Nacional de Jornais (ANJ). "Os jornais também tiveram expressivo aumento na circulação, de 11,8% em 2007."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.