Aumento do condomínio no fim do ano pode ir a 28%

O aumento da taxa condominial neste final de ano deverá ser, em média, de 3%, de acordo com o Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP). A alta será ocasionada pelo reajuste estimado de 6,1% no dissídio coletivo dos trabalhadores do setor, em outubro. Em condomínios que não realizaram provisão para despesas com 13º salário e encargos do período o reajuste poderá chegar a 28% (25% de impacto do 13º salário mais os 3% do dissídio).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.