Aumento dos juros vai elevar custos da produção, diz Abinee

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Elétricae Eletrônica (Abinee), Carlos de Paiva Lopes, também lamentou o aumento de 3 pontos percentuais na Selic determinado hoje pelo Copom do Banco Central (BC). "Esse aumento, somado às medidas de sexta-feira (aumento do compulsório dos depósitos à vista, a prazo e de poupança), vai elevar os custos do setor produtivo", ressaltou.Para ele, um aumento de 3 pontos, que levou os juros básicos de 18% ao ano para 21% ao ano, "é muito grande em um momento em que diversos setores produtivos vão mal das pernas devido à instabilidade econômica e ao dólar elevado". Paiva Lopes acredita que o setor de eletroeletrônicos sentirá os efeitos deste aumento já no final deste ano, uma vez que vários segmentos, como os de celulares, microcomputadores eletrodomésticos, têm boas vendas no período de Natal. "As dificuldades de crédito e o aumento de juros que deve acontecer na ponta do consumidor vão dificultar as vendas", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.