coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Austrália atualiza acordo com Suíça para reprimir evasão

A Austrália revisou um tratado que tem com a Suíça que irá conferir às autoridades locais novos poderes contra sonegadores milionários. O acordo original, aprovado em 1980, permitiu o acesso a informações suspeitas de sonegadores de impostos por meio de disposições de sigilo bancário, e será atualizado.

Agencia Estado

12 de maio de 2013 | 13h22

"Este tratado significa que nós vamos ser capazes de compartilhar informações com as autoridades suíças para que possamos rastrear aqueles que estão escondendo dinheiro no exterior", disse o tesoureiro australiano Wayne Swan em nota.

O governo da premiê Julia Gillard, que busca a reeleição em setembro, tinha sido forçado a abandonar a promessa eleitoral no ano passado, após receber menos receita em impostos do que o esperado de empresas de mineração do país.

Para compensar o declínio das receitas, o governo está intensificando os esforços para reprimir a evasão fiscal. Um acordo parecido feito com Cingapura, em 2010, rendeu novas receitas. Com informações da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AustráliaSuíçaevasão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.