Áustria apresenta pacote de US$ 136 bilhões contra crise

Pacote inclui garantias para transações de refinanciamento e possíveis injeções de recursos para os bancos

Marcílio Souza, da Agência Estado,

13 Outubro 2008 | 11h59

O governo da Áustria apresentou nesta segunda-feira, 13, um pacote de medidas no valor de 100 bilhões de euros (US$ 136 bilhões) para combater a crise financeira internacional. O pacote inclui garantias do governo para transações de refinanciamento e possíveis injeções de recursos para os bancos por meio da participação estatal em aumentos de capital.   Veja também: Em meio à crise, empresas têm que pagar US$ 15 bi ao exterior Após decisão da UE, diversos países anunciam ações anticrise Europa vai garantir dívidas bancárias por até 5 anos Reino Unido vai resgatar seus 4 maiores bancos, diz jornal Como o mundo reage à crise  Confira as medidas já anunciadas pelo BC contra a crise Entenda a disparada do dólar e seus efeitos Especialistas dão dicas de como agir no meio da crise A cronologia da crise financeira    As medidas incluem também garantia completa para os depósitos nos bancos austríacos para pessoas físicas e a suspensão de vendas a descoberto.   Ao apresentar o pacote, o primeiro-ministro austríaco, Alfred Gusenbauer, e o ministro de Finanças, Wilhelm Molterer, enfatizaram a importância do esforço coordenado dos países da zona do euro para estimular suas economias nos últimos dias, diante do agravamento da crise financeira.   "Está absolutamente claro que a Áustria não poderia ter superado essa crise sozinha. A Europa mostrou nessa situação determinação e vai agir", disse Molterer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.