Automóveis: queda dos juros deve continuar

Financiar a compra de um veículo novo ou usado pelo CDC (Crédito Direto ao Consumidor) ficou em média mais barato entre fevereiro e março. Pesquisa da Agência Estado, realizada entre os dias 5 e 8 de março junto aos principais bancos, registrou ligeira queda nas taxas médias de juros praticadas nesse mercado.Nos financiamentos de 25 a 36 parcelas, a taxa média apurada para carros novos ficou em 2,17% mensais, contra 2,26% em fevereiro (queda de 4%). Para usados o comportamento foi parecido: juros médios de 2,27% ao mês em março, contra 2,34% em fevereiro (queda de 3%).Exceção à queda foram os financiamentos curtos, com até 12 parcelas. Neste caso, os juros médios cobrados pelos bancos subiram de 2,25% para 2,36% ao mês para carros novos e de 2,34% para 2,45% para usados. Vale notar, no entanto, que a grande maioria das vendas financiadas é feita com prazos mais extensos, em geral com 24 ou 36 parcelas. Neste segmento mais expressivo do mercado, verificou-se a queda das taxas médias.Ainda de acordo com a pesquisa da Agência Estado, as instituições que mais contribuíram para a queda da taxa média, reduzindo suas taxas, foram o Banco Bandeirantes, o HSBC e o Itaú. Estratégia oposta tiveram o BankBoston e o Unibanco, que ajustaram seus juros para cima. Já os chamados "bancos de montadoras" - Bancos Fiat, Ford e Volkswagen, cuja principal atividade é o financiamento de veículos -, mantiveram as mesmas taxas do mês anterior.Tendência de queda deve prosseguirSegundo especialistas, a queda só não foi maior, neste mês, devido à frustração das expectativas de boa parte do mercado, que esperava um novo corte de até meio ponto porcentual na Selic, a taxa de juros básica referencial da economia, em meados de fevereiro. Com a decisão do governo de manter o patamar dessa taxa, os bancos teriam agido com mais cautela do que em meses anteriores. No entanto, a queda gradual dos juros no CDC para veículos é uma tendência que já vem se observando desde o ano passado e deve manter-se nos próximos meses. Além dos sucessivos cortes operados na Selic, têm colaborado para esse cenário as projeções de crescimento econômico em 2001, com expansão da renda e ampliação dos volumes de crédito ao consumidor.Veja na tabela abaixo as taxas de juros médias para o financiamento de veículos segundo a pesquisa da Agência Estado, nos meses de fevereiro e março.No. de parcelasMarço/2001 (% ao mês)Fevereiro/2001 (% ao mês)Novos e semi-novosUsadosNovos e semi-novosUsadosAté 122,362,452,252,3413 a 242,152,272,222,3425 a 362,172,292,262,3636 a 482,152,272,152,21Veja também, no link abaixo, a pesquisa completa das taxas de financiamento de veículos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.