finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Autoridade da OMC vê chance de avanços nas negociações

Para vice-diretor da Organização, é possível que haja progresso nas conversas que acontecem em setembro

Unni Krishnan, da Reuters,

13 de agosto de 2007 | 11h19

Existe uma concordância entre países ricos e pobres que abre uma possibilidade de haver um progresso nas negociações globais de livre-comércio em setembro, disse na segunda-feira o vice-diretor-geral da Organização Mundial de Comércio (OMC).Os negociadores dos 150 estados-membros da OMC estão avaliando textos que contêm propostas sobre produtos agrícolas e industriais, e eles vão se reunir de novo em setembro."Estamos na última etapa. Se é para chegar a uma conclusão, é preciso realmente evoluir", disse Harsh Vardhana Singh em uma conferência de comércio em Nova Délhi."Temos que levar em consideração várias preocupações e ver onde é exatamente a zona de desembarque, e isso vai acontecer em setembro. E parece haver uma boa possibilidade de esse processo evoluir para um consenso".Os países em desenvolvimento disseram que o texto divulgado pelo embaixador da Nova Zelândia na OMC, Crawford Falconer, que preside as negociações agrícolas da entidade, contém muitas lacunas, mas que pode ser melhorado nas negociações.Os Estados Unidos e a Europa sinalizaram que aceitam o texto como base para mais negociações sobre agricultura, uma das áreas mais sensíveis no esforço que já dura seis anos para um novo acordo de comércio global.O diretor-geral da OMC, Pascal Lamy, tem pressionado para que as negociações sejam encerradas neste ano, evitando assim que respinguem nas eleições norte-americanas e indianas.

Tudo o que sabemos sobre:
OMCRodada Doha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.