Marcello Casal Jr/ Agência Brasil
Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

Auxílio Brasil: reajuste de valores é oficializado pelo governo; saiba mais

Pela internet e pelo telefone, é possível saber de você tem direito e a qual faixa salarial

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de março de 2022 | 13h25

O governo federal oficializou, por meio de publicação no Diário Oficial da União, os valores de renda familiar atualizados para que novos beneficiários possam ser acolhidos pelo programa Auxílio Brasil. Estas cifras já vêm sendo utilizadas desde o início do ano pelo Ministério da Cidadania, responsável pela gestão do benefício. 

De acordo com o texto, são considerados cidadãos em situação de pobreza: renda familiar por pessoa entre R$ 105,01 e R$ 210 - antes, os valores eram R$ 100,01 e R$ 200. E, está em situação de extrema pobreza quem possui renda familiar per capta de até R$ 105 - antes, o valor era de R$ 100. 

Como saber se tenho direito ao Auxílio Brasil? 

Há duas formas: online ou por telefone. Vamos, primeiro, para a forma online. Isso pode ser feito por dois aplicativos, ambos vinculados ao governo federal:  

Auxílio Brasil 

  • É possível baixar o aplicativo oficial do programa para android iOS.
  • Após o download, abra o app, selecione como será feito o login, que pode ser realizado utilizando a senha do Caixa Tem ou criando um cadastro novo. 
  • Assim que o login for criado, será informado se existe - ou não - benefício disponível para o CPF.  

Caixa Tem 

  • É possível baixar o aplicativo oficial, criado para o auxílio emergencial e que teve seu uso estendido para outras aplicações, para android iOS
  • Após o download, abra o app. Se não tiver login, crie um dentro do próprio sistema da Caixa. Este processo envolve confirmação de dados e envio de documentos.
  • Se já tiver, acesse sua conta e vá em "Auxílio Brasil".
  • Em seguida, clique em "Ver meu benefício".

Para consultar sem utilização da internet, há dois possíveis telefones. Central de atendimento do Ministério da Cidadania, 121, e a central de atendimento da Caixa, 111.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.