Wilton Júnior/Estadão
Wilton Júnior/Estadão

Covid-19

Bill Gates tem um plano para levar a cura do coronavírus ao mundo todo

Auxílio emergencial: Caixa abre 680 agências neste sábado para saque do benefício

Unidades do banco ficarão abertas das 8h às 12h; locais de maior necessidade serão atendidos por caminhões-agência

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2020 | 16h34

A Caixa Econômica Federal vai abrir 680 agências neste sábado, 9, para que os beneficiários do auxílio emergencial possam sacar os R$ 600  da Poupança Social Digital, criada para o recebimento do benefício. O horário de funcionamento será das 8h às 12h.

No Estado de São Paulo, serão 155 agências abertas para o pagamento do auxílio emergencial

Segundo o banco, todas as pessoas que chegarem às unidades durante o período de funcionamento (das 8h às 12h) serão atendidas. A Caixa garante que, mesmo que a agência feche, o atendimento continua até o último cliente do dia, portanto não é preciso madrugar nas filas de espera, como tem acontecido nas últimas semanas.

A instituição afirma que está atuando para diminuir as aglomerações nas porta das agências gradualmente. Segundo o banco, foram realocados mais de 3 mil funcionários para ampliar o atendimento das agências e mais 4,8 mil vigilantes e quase 900 recepcionistas foram contratados para auxiliar na organização das filas e na orientação do público.

A Caixa recomenda que a população apenas vá às agências em caso de extrema necessidade e, se possível, movimente os valores do benefício pelo aplicativo CAIXA Tem. Por ele, é possível pagar boletos e contas de água, luz, telefone, entre outras, assim como fazer transferências para contas de outros bancos.

Atendimento móvel para regiões de maior necessidade

O banco também informou que cinco caminhões-agência itinerantes vão atender em locais de maior necessidade seguindo um cronograma pré-determinado. Veja abaixo:

  • Alfredo Chaves (ES): atendimento até 8 de maio
  • Nova Xavantina (MT): de 7 a 16 de maio
  • São Felix do Xingu (PA): de 7 a 15 de maio
  • Buriticupu (MA): de 12 a 15 de maio
  • Viseu (PA): 14 a 29 de maio

Segundo a Caixa, o maior esforço é para atender a população com mais qualidade e garantir que o auxílio emergencial chegue a quem mais precisa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.